Ódio dessas magrelas!


Me perdoem, mas não dá pra disfarçar. Tô com muita raiva desse padrão japonês. É, tô falando do padrão de beleza e de sei lá o quê. Do padrão que os japoneses usam para escolher as roupas que vendem.

No Brasil, eu era magra. Tinha gente que me chamava de magrela e eu tinha muitas amigas mais altas do que eu. Aqui, além de ser uma girafa (com 1,70m!), descobri que sou gorda! Óoooodio mortal!

Tudo bem que depois de uma temporada em Nagoya – comendo X-churrasco com guaraná quase todos os dias – eu engordei um pouquinho, mas foi só um pouquinho… Não pensei que fosse o suficiente para ficar na maior deprê depois de tentar fazer umas comprinhas.

Acho que experimentei todas as roupas de todas as lojas de Sakae, o tal bairro badalado de Nagoya, e a única coisa que consegui comprar foi essa calça aí da Zara (que, graças a Deus, tem roupa “fora do padrão”).

O triste é que a idéia era comprar uma saia ou um vestidinho. Para isso, ou dou um jeito de me enquadrar nesse tal padrão (se é que existe um jeito) ou vou fazer compras lá do outro lado do Oceano Atlântico.

Ai que post fútil, eu sei. Desculpa! Mas as mulheres, especialmente as estrangeiras que vivem no Japão, vão me entender.

PARÊNTESE: Ok, confesso que esse ódio mortal é pura inveja 😀

Anúncios

15 Respostas para “Ódio dessas magrelas!

  1. Ih fofa, esqueceu q vc nao nasceu aqui?? Acho q nao tem jeito mesmo nao… mais simples ligar pra mama e pedir pra ela te mandar umas coisinhas!! : )

  2. Não precisa de ficar com raiva não, porque as japonesas são magrinhas de mais e aliás até tem gente que queria emagrecer a mais mesmo que já fosse magra. Acho que o jeito das brasileiras que são, inclusive o seu, é muito mais bonito que o das japonesas tão magrinhas!!

  3. concordo com a shigeko. vc esqueceu que não nasceu aqui! é a natureza. a gente é alto e forte igual ao superman (voce igual a mulher-maravilha).

  4. Hahaha! Esses comentários do Emerson salvam meu dia!
    Mas, por um lado, acho que a inveja pode ter seu lado positivo, motivacional até.
    Mudando de assunto, tava lendo os arquivos, e li sobre o X-churrasco com guaraná também. Creio que temos vários amigos em comum…
    Ah! Muito bonita a calça! 🙂

  5. Entendo perfeitamente seu drama.

  6. Sorte a sua que vc jah tah voltando… senao, capaz q ficasse fortinha demais!! : P hihihihi…

  7. Nem fale… Tb tenho sérios problemas… Fico indignada (e me sentido a mais gorda de todas) com a modelagem das roupas daqui. Já fui em loja que a maior modelagem é M! E o M daqui acho q seria o PP do Br!!! Q ódioooooo dessas magrelas!!!! hahahaha
    bjinhos

  8. Esas tallas miniatura de Japon acomplejan a cualquiera… no solo en la ropa, tambien en los zapatos (especialmente las botas). Recien desde que volvi a Peru deje de ser la gorda que fui durante dos anhos… ahora dicen que me falta. Quien entiende a la gente

  9. Oi, desculpe invadir o seu blog, mas é que achei muito interessante!!! Pelo que vc conta, acho que aí deve ser muuuuuito legal. A minha maior vontade é ir pro nihon, e se der tudo certo no começo do ano que vem estarei aí. Acabei de criar o meu blog e não conheço ninguém que tenha, aí resolvi procurar algum do Japão e ví o seu. Parabéns tem muitas curiosidades e fotos legais. Quem sabe vou poder ver tudo isso pessoalmente né? Tomara.
    Sayonara

  10. Lembro que qdo cheguei, nao achava cueca “normal”. Serio! Aqui tem muito e samba-cancao ne? Mas eu como nao sou muito a favor de criar o bicho solto, preferia a velha e querida “zorba”. Vi uma vez numa loja brasileira. Mas nao me senti muito a vontade de levar uma latinha de guarana, bis e duas cuecas…(rs)Conclusao da historia: pedi pro meu irmao mandar do Brasil! …e ele me veio com essa: “Entao e verdade o que ouvimos sobre os japoneses?!” (rs)
    Relaxa filha!

  11. Karina Almeida

    PARA SHIGEKA e EMERSON
    obrigada pela lembrança: eu não nasci aqui. pelo menos no brasil eu estou dentro do padrão (tem roupa que me serve!)

    PARA YAYOI
    ai, desculpa yayoi. eu não tenho nada contra as japonesas, viu?!

    acho vocês muito fofas, parecem bonecas de tão delicadas.

    PARA PAULO
    quer dizer que você frequenta o “the amigos”? eu ia sempre lá! mas agora voltei pra tokyo ;D

    PARA BIA, THASSIA, ANGELICA e KARUZO
    ai, como eh bom saber que nao sou a unica fora do padrao. ateh voce, caruso!

    PARA KAKA
    que bom que voce gostou do meu blog. fico super feliz! bem-vinda e volte sempre 🙂

    bjinhos PARA TODOS

  12. Oi, Karina…. Pra variar, to super desatualizada com a leitura… Nao preocupa que vc nao ta’ gorda, continua magrela… Te entendo perfeitamente… Eu tambem nao me encaixo nos padroes americanos… Como tenho perna grossa e’ uma dificuldade achar calcas aqui pra mim, quando entra na perna fica larga na bunda (porque ai, ai, ai… tenho bunda de japones) e na cintura… Mas tenho de agradecer aos peitoes das americanas…. E’ oooootimo sair pra comprar sutia aqui, acho do meu numero em qualquer loja… rs… Beijos.

  13. sabrina yasmin

    eu sei como é q é,eu era gordinha até meus 12 anos (hj com 15) mc donalds todos os fins de semana,e inha q comprar roupas de malha pra mim usar =P
    até blusinhas da minha idade eram pequenas,tinha q comprar do tamanho adulto,e mesmo adulto ficava aquela barriga de “gravida”aparecendo.
    isso q eu odeio no japao =P

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s